Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo.
Home Ask Blogroll
Here's to you let me cross the distance.
Minha mãe me deu educação, mas eu aprendi sozinho com quem usar.
As palavras estão em minhas entranhas, não discretas. Gritam como se quisessem se esvair por entre as minhas narinas. Como sangue que jorra de uma profunda incisão, como aquilo que não me é útil e precisa de qualquer forma se sobrepor ás fezes, como uma ânsia interrompida. Escrever é pôr o dedo na garganta, forçar um vômito que insiste em não sair. Escrever é ver a vida de maneira intensa, é não saber segurar um grito, é suplicar sem retorno, é não se contentar com o que a sociedade o impõe. É tentar mudar o mundo, mas sem antes mudar o que sente.
G. Burckle, as palavras jorram de mim. (via renascendo)
E com você aprendi que amar é uma merda,aprendi que se quebra um coração com apenas algumas palavras,aprendi que dá para ignorar alguém por mais que ela tente chamar a atenção…aprendi que te odeio é essa foi a melhor coisa que você me ensinou.
— Bárbara (via sorriso-falsificado)
É normal se sentir pior que um lixo?
Coração de gelo.   (via aversiva)
FUTURASUICIDA ©